On 1 de jun de 2010 2 comentários

10. Dieta do Sorvete

O sonho de qualquer pessoa: emagrecer tomando sorvete. É isso que propõe a dieta que leva o nome da sobremesa gelada. Mas, como nem tudo são flores, o regime está restrito a uma única bola das insípidas versões light ou de fruta, depois das principais refeições, durante uma semana. Só para desanimar de vez, uma maçã deve fazer parte da combinação.


9. Dieta da Lua
Algumas pessoas seguem a fase da Lua para plantar e colher, cortar os cabelos ou qualquer outro fenômeno que possa ganhar um toque de astronomia. Por que, então, não usar seus benefícios para organizar, também, a sua alimentação. É o que defendem os criadores da Dieta da Lua. Segundo eles, o satélite pode interferir nos fluidos que circulam pelo organismo humano. Por isso, durante os dias de transição entre as fases, é preciso ingerir somente líquidos. E, então, espere sentado algum resultado aparecer


8. Dieta da Mastigação

Uma dieta que não se preocupa com o que você deve comer, mas sim com a maneira como isso será feito. Basta uma boa mastigação – mais precisamente, são necessárias exatas 32 mastigadas para que o alimento consiga ser digerido de maneira eficaz pelo organismo. Dessa forma, defendem os criadores da dieta, a pessoa se sente saciada mais rapidamente e evita comer em excesso. É comprovada cientificamente se você tiver a paciência de ficar contando a cada garfada.


7. Dieta da Banana


Tudo começa no café da manhã. A Dieta da Banana diz que você deve substituir a principal refeição do dia por quantas bananas conseguir comer. Todos os tipos estão liberados e a ordem é comer até ficar satisfeito. O máximo de acompanhamento permitido é um copo d’água. Dizem os japoneses que inventaram a dieta que esta fruta diminui a vontade de comer pelo resto do dia. Mas quem, afinal, conseguiria comer qualquer coisa depois de se entupir de bananas?


6. Dieta da Clara de Ovo


Quando a grande questão é perder peso, certamente clara de ovo não é algo que venha à cabeça das pessoas como primeira opção. Mas a Dieta da Clara de Ovo é famosa não só pela promessa de corpo em forma, mas por ter conquistado famosas, como as dançarinas Sheila Carvalho e Adriana Bom Bom. O malabarismo dietético consiste em comer clara de ovos a cada três horas, todos os dias ou até não conseguir mais ver ovo pela frente. Para dar algum gosto à comida, você pode comer junto liberados batata, mandioca ou inhame.


5. Dieta do Vinagre


A regra aqui é tomar uma dose de vinagre antes de uma das refeições diárias: café da manhã, almoço ou jantar. Os defensores da dieta justificam que o vinagre é capaz de reduzir o acúmulo de gorduras no corpo e, por isso, a dieta faz efeito – e não só pelo fato de que tomar vinagre de estômago vazio deve ser repugnante a tal ponto que faz até um suculento hamburguer parecer indigesto.


4. Dieta da Bíblia


Imagine ter de voltar aos primórdios da civilização romana e seguir um cardápio rígido e baseado em alimentos que eram consumidos somente naquela época? Nada de refrigerantes e açúcar – que nem sonhavam em ser inventados, mas sim lentilha, pão de centeio e muito peixe. Para que esta dieta arcaica cumpra sua suposta missão, você deve se livrar dos males da modernidade. Só se pode concluir, portanto, que não há relatos de pessoas gordas naqueles tempos…


3. Dieta do Alfabeto


A sua dieta começa com uma escolha importante: uma letra do alfabeto. A partir daí, é preciso ingerir alimentos que comecem apenas com ela. Fácil, principalmente se você decidir pelo B de bolo e batata-frita ou C de chocolate e caramelo – a menos que você tenha força de vontade suficiente para escolher A de alface e agrião.


2. Dieta Master Cleanse


O nome é um pouco complicado, mas o princípio da Dieta Master Cleanse é muito simples e assustradora: de manhã, você bebe água com sal, à tarde, limonada com pimenta, e à noite se sobreviver – toma chá laxante. A ideia do regime é desintoxicar o organismo de toda e qualquer gordura e mais tudo o que encontrar pela frente.


1. Dieta dos Vermes


Até as lombrigas foram parar na lista dos cardápios de dietas. Você não irá ingerir os vermes vivos, mas uma cápsula com alguns deles. Alojados no intestino, são eles que fazem o trabalho duro e que deveria ser seu de eliminar o excesso de gordura do corpo. Além do nojo só de se pensar em levar essa dieta a sério, há ainda o risco de desenvolver uma doença grave que vai te levar quilos mais magras, é verdade direto para o hospital.

2 comentários:

Anônimo disse...

af que loucura isso X_X

Anônimo disse...

um verme com pão e muito bom
cosme_masters@hotmail.com

Postar um comentário

Leia as regras antes de comentar:

1. Já existe um campo reservado para você colocar o link do seu site/blog. Comentários com qualquer tipo de links são deletados.

2. É terminantemente proibido o uso de Palavrões!

3. Lembre-se: Esse blog foi criado com o intuito de divertir a todos. O fazemos sem cobrar nada a ninguém. Sugestões e Críticas CONSTRUTIVAS serão sempre bem-vindas.