On 11 de dez de 2009 0 comentários


Um estudante de química ucraniano teve a moral de explodir a própria cabeça usando apenas um chiclete.

Ele tinha 25 anos, morava em Konotop e estudava no Instituto Politécnico de Kiev. Quando o incidente insólito aconteceu, ele estava mexendo no seu computador. Seus pais, da sala, ouviram um estouro vindo do quarto do filho e, quando entraram no quarto, não havia mais nada do seu pescoço para cima.

Os exames dos legistas indicaram que a goma de mascar estava coberta de uma substância química não identificada, que eles imaginam ser um explosivo. Os pais admitiram que o garoto tinha o hábito de mergulhar a goma de mascar em uma solução cítrica.

A polícia encontrou ambas as coisas em sua escrivaninha – tanto a solução cítrica quanto o explosivo líquido. Ambos estavam em frascos semelhantes e os investigadores imaginam que ele possa ter trocado um frasco pelo outro e mastigado um chiclete sabor dinamite.

Os legistas de Konotop admitem não ter equipamento apropriado para identificar o provável explosivo, mas não querem enviá-lo até Kiev, com medo que a parada exploda pelo caminho. Por causa disso, os especialistas da capital foram enviados até Konotop e, com base no laudo deles será decidido se haverá ou não investigação criminal.

Fonte R7

0 comentários:

Postar um comentário

Leia as regras antes de comentar:

1. Já existe um campo reservado para você colocar o link do seu site/blog. Comentários com qualquer tipo de links são deletados.

2. É terminantemente proibido o uso de Palavrões!

3. Lembre-se: Esse blog foi criado com o intuito de divertir a todos. O fazemos sem cobrar nada a ninguém. Sugestões e Críticas CONSTRUTIVAS serão sempre bem-vindas.